Home / Transformação Digital / Mindset digital: como a transformação digital impacta nos negócios.

Mindset digital: como a transformação digital impacta nos negócios.

Durante o Coffee Meeting sobre Business Transformation, organizado pela DARYUS, Exin e Digitalks, abordamos a importância do Mindset Digital e decidi escrever sobre o assunto. Antes de aprofundá-lo, acredito ser ideal conceituar a Transformação Digital, pois ambos são movimentos associados. Mesmo havendo compreensível imprecisão sobre estes assuntos, já que são fenômenos tão afetados pela velocidade da mudança e estudados enquanto acontecem, aqui, tratarei a Transformação Digital como uma mudança associada à aplicação de tecnologias consideradas digitais em todos os aspectos da sociedade, sendo consequência de duas condições: competência digital e uso de tecnologias no dia a dia.

Ainda para dirimir possíveis confusões, vale o entendimento de que a Transformação Digital não é apenas a adoção de novas tecnologias e inovação, pois a própria inovação é uma de suas consequências. Neste sentido, também não é apenas automação. Em síntese, Transformação Digital é uma consequência do Business Transformation na qual a entrega de produtos e serviços acontece por meio de novas relações de experiência com o cliente e na qual a empresa em si modifica seus ativos.

O que é mindset digital?

Mindset digital é ter uma visão digital, é uma nova forma de pensar. Mesmo com as práticas tradicionais de gestão continuando verdadeiras, o uso de novas tecnologias e o reconhecimento da relevância dos softwares são empregados para avançar a empresa e atender clientes com mais agilidade e qualidade de experiência.

Algumas empresas são exemplos claros de como o mindset digital é percebido em negócios disruptivos. O Facebook é uma plataforma de conteúdo, mas não produz conteúdo. O Airbnb oferece acomodações e compete com hotéis, inclusive centenários, sem possuir nenhum espaço. As expectativas são de transformações cada vez mais significativas para o futuro. O governo da Alemanha definiu que em 2030 não produzirá mais carros à combustão e a partir de 2050 eles serão proibidos de rodar no País. Paralelo a este movimento, há empresas focadas em plataformas de locação e compartilhamento de automóveis competindo com aquelas que os vendem.

Estas mudanças impactam diretamente na cadeia de valor dos negócios, pois o modelo tradicional de oferta de produtos e serviços é subvertido pela posse da plataforma, do software, que faz o intermédio do uso. Há também alterações estruturais e lógicas, pois as necessidades da empresa mudam com os ativos digitais. Alinhado a isso, a atenção ao customer experience ganha ainda mais relevância.

Como desenvolver um mindset digital ágil?

O primeiro passo é entender que software está transformando o mundo e usá-lo como alicerce do negócio. O segundo é entender a bifurcação da tecnologia. Ou seja, por um caminho há a TI tradicional, que pode ser mais morosa.  Por outro, a TI ágil, na qual métodos ágeis fundamentados em software são aplicáveis. Em resumo, um mindset digital envolve a capacidade de responder à mudança e de ter mais interação com o cliente, inclusive cocriação, além de uma gestão colaborativa, participativa e até autogerenciada.

CERTIFICAÇÃO EM MARKETING DIGITAL – SAIBA +

Sobre Jeferson D'Addario - CBCP, MBCI, CRISC

mm
Consultor sênior há mais de vinte anos em TI, gestão de riscos e continuidade de negócios, ganhador do prêmio SECMASTER 2006 na categoria “Melhor Contribuição para o Desenvolvimento de Mercado”. Possui mais de 35 projetos de Continuidade de Negócios para empresas líderes no Brasil e Exterior nos últimos dez anos. Certificado como CBCP pelo DRII-USA, MBCI pelo BCI-UK, CRISC pela ISACA, ISO 27001 lead auditor (BSI). Formação em Economia e TI. Foi o responsável por trazer e desenvolver os primeiros cursos de continuidade de negócios oficiais do DRII – Disaster Recovery Institute International para o Brasil em 2005. Desde 2010 é instrutor oficial do DRII e representante executivo para o Brasil. É Membro da ISACA-SP, sendo colaborador na tradução do COBIT 4.1. Possui ampla experiência em Gestão de TIC (ITIL e ISO 20.000) e Govenança de TIC (COBIT, ISO 38500), tendo sido gerente e diretor de TI em empresas nacionais, e participado de projetos de implementação e certificação. Criador, coordenador e professor da Pós-graduação em GTSI - Gestão e Tecnologia em Segurança da Informação, curso DARYUS aplicado na Faculdade Impacta Tecnologia (FIT) – SP/SP, desde 2003, atualmente na turma 15. É sócio-diretor e fundador da DARYUS Consultoria e Treinamento, e atualmente CEO do Grupo DARYUS. Possui ampla experiência em gestão empresarial de negócios, pessoas, educação, gestão de crises, comunicação empresarial, relacionamento executivo e gestão financeira, apoiando executivos de grandes empresas no Brasil em projetos de consultoria. Palestrante, articulista e colaborador em eventos nacionais e internacionais relacionados a GRC, TI, Continuidade e Gestão Empresarial. Foi reconhecido pela Infragard – Califórnia em 2010 pela contribuição na área de segurança da informação para o Brasil. Já lecionou anteriormente para IPEN – Instituto de Pesquisas Nucleares – USP – SP e Instituto Trevisan – SP.

Confira tambem

Segurança e privacidade nas cidades inteligentes.

Os celulares são inteligentes, os relógios são inteligentes, as geladeiras são inteligentes, as roupas são …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *