Home / Artigo / Cambridge Analytica e Facebook: 4 lições aprendidas sobre vazamento de dados
vazamento de dados
vazamento de dados

Cambridge Analytica e Facebook: 4 lições aprendidas sobre vazamento de dados

No ano de 2018 um escândalo tomou conta do noticiário: o vazamento de dados do Facebook de mais de 50 milhões de usuários para a empresa de mineração e análise de dados, a Cambridge Analytica.

E depois desse escândalo algumas pessoas passaram a ficar mais atentas sobre a divulgação de dados pessoais na internet. Pois um pequeno deslize pode gerar problemas muito sérios. Por isso, todo o cuidado é pouco.

Entretanto, mesmo mediante ao escândalo que foi o vazamento de dados e o modo como isso prejudicou aos envolvidos, ainda assim é possível tirar boas lições do ocorrido. Entenda as 4 lições que você pode tirar desse evento a partir de agora!

Sobre o ocorrido no vazamento de dados

Em 2018, o jornal The New York Times revelou o compartilhamento indevido de dados de usuários da rede social Facebook para a empresa Cambridge Analytica. Desse modo, soube-se que 50 milhões de usuários tiveram seus dados vazados para a empresa.

O que aconteceu é que um aplicativo chamado de “thisisyourdigitallife”, que tinha como foco oferecer previsões sobre personalidade com bases nas respostas de um jogo de quizz, obtinha os dados das pessoas quando as mesmas faziam o login com sua conta do Facebook.

O evento ocorrido foi noticiado por vários jornais de todo mundo. E até mesmo o próprio Zuckerberg, admitiu que deveria ter cuidado melhor dos dados dos usuários de sua rede social.

Então, se até mesmo o dono da maior rede social do mundo admitiu que falhou em relação ao vazamento de informações, qual as lições que podemos tirar de tudo isso?

Separei uma lista com as 4 principais

Lição 1 – Fique atento às permissões solicitadas

vazamento de dados
vazamento de dados

O vazamento de dados acontece principalmente porque permitimos que ele aconteça. Mas é claro que raramente não nos damos conta disso.

Sabe aquelas permissões de localização, ou para ter acesso aos dados do seu dispositivo eletrônico? Então, é preciso que você fique muito atento à elas. Uma vez que garantem acesso ilimitado aos aplicativos, os mesmos podem fazer diversas buscas no seu aparelho e nas suas contas pesquisando todos os seus dados.

Lição 2 – Leia atentamente os termos de usos e serviços

Muitas vezes, na ansiedade por fazer o download e ter acesso ao aplicativo, não nos atentamos aos termos de usos e serviços. Contudo, este é um erro muito grave. Pois ao clicarmos em “li e concordo”, podemos sem saber, estar dando acesso para que empresas tenham acesso aos nossos dados.

Lição 3 – Sempre opte por serviços que coletem menos dados

Quanto menos dados o serviço o qual você deseja ter acesso solicitar, mais protegido você estará do vazamento de dados. Por isso, o ideal é que você pesquise bem. Hoje em dia, a internet oferece diversas fontes para o mesmo tipo de serviço ou entretenimento. Então saiba escolher!

Lição 4 – Muito cuidado com a senha para evitar o vazamento de dados

O uso de senhas é necessário para dar acesso à inúmeros serviços na internet. Contudo, o ideal é que você não utilize a mesma senha para diferentes serviços, pois isso facilita a ação de pessoas e empresas mal intencionadas. Pode ser até difícil decorar senhas diferentes, mas acredite, é para o seu próprio bem.

Leia também: O que as empresas têm a aprender com os casos recentes de vazamentos de dados?

Sobre Conteúdo Daryus

Confira tambem

Computação forense

Computação forense: O que é e como funciona?

A computação forense tem como objetivo investigar e ajudar a solucionar crimes, através da coleta …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *